Os pneus são o único componente do carro que estão em constante contacto com o solo. Desta forma, é necessário ter especial cuidado com o estado de conservação dos mesmos. Mas quando é que devo substituir os pneus do meu carro? Hoje vamos partilhar consigo algumas dicas que o vão ajudar a verificar se está na altura de o fazer.


Profundidade mínima dos sulcos

Os sulcos de borracha existentes nos pneus devem ter uma profundidade mínima de 1,6mm. Caso os seus pneus tenham uma profundidade inferior a este valor deve trocar imediatamente os seus pneus.


Pisos em más condições

Existem diversos factores nas estradas que podem causar desgaste nos pneus. Caso durante a condução sinta que algum acontecimento possa ter danificado os pneus do seu veículo, deve verificar o estado dos mesmos para garantir que estão num bom estado de conservação. Se não conseguir identificar nenhuma anomalia e caso ache que a estabilidade do seu automóvel foi condicionada, deve entrar em contacto com uma oficina profissional de forma a averiguar qual o problema existente.


Pneus não compatíveis 

Se leu o nosso artigo anterior ficou a saber que existem diferentes categorias/tipos de pneus. Deve certificar-se sempre que os pneus que utiliza no seu carro são os mais indicados para o tipo de piso em que este circula.


Limitide de anos

De uma forma geral os pneus duram aproximadamente 10 anos. No entanto, uma vez que nem todos os veículos circulam o mesmo número de kilometros por ano, nem no mesmo tipo de piso, é recomendável substituir os pneus ao fim de aproximadamente 40.000km. 

Desta forma, se durante a condução do seu veículo sentir que os seus pneus: produzem uma marcha desconfortável, não têm a aderência necessária durante as travagem ou emitem vibrações durante a condução deve procurar substituir os pneus do seu veículo. Embora o ideal seja a substituição dos 4 pneus, é também possível substituir apenas 2 pneus, desde que ambos sejam do mesmo eixo.